Domingo , 24 Setembro 2017
Home / Notícias / O sucesso do AirPods forçar a Apple para acelerar o ritmo de produção

O sucesso do AirPods forçar a Apple para acelerar o ritmo de produção

pareja AirPods

Parece que a espera valeu. Os usuários que tinham desde a sua apresentação para o público esperando para levar o novo e revolucionário AirPods não decepcionou e responderam às expectativas da empresa, ele esfrega as mãos com o volume de vendas durante a temporada de Natal.

Tanto é assim, que a empresa Apple instruiu seus fornecedores em Xangai para aumentar o volume da produção de fones de ouvido sem fio e ser capaz de lidar sem restrições para a enorme demanda que tem sido emergentes nos dias de hoje.

Já podemos fazer uma ideia vendo como me orgulho apresentando é o CEO da empresa, Tim Cook, quarta-feira passada, durante sua visita a New York Exchange onde, embora permaneceu com o costume de não fazer menção de figuras específicas, que classificou o AirPods como um grande sucesso e já anunciaram este aumento na produção prometendo que novas unidades estão sendo fabricadas tão rapidamente quanto possível, para que ninguém vai seria sem eles.

Fabricante de eles AirPods em Xangai é Inventec, que faz bem pouco expandiu a capacidade de suas plantas na área precisamente para oferecê-lo a infra-estrutura necessária para o aumento da demanda os fones de ouvido e que agora é são a sua capacidade máxima de desempenho para poder entregar-lhes ordens em tempo integral.

Boa notícia para aqueles que ainda têm poder estar com eles e que eles estavam preocupados de ver o aumento das datas estimadas entrega, complicada, então eles têm para datas de Natal e até mesmo reis. Demanda tem sido tão grande que nem as lojas autorizadas pela Apple ou terceiros assentamentos viu seu estoque esgotado por estes compradores de última hora.

Através de | DigiTimes

Check Also

Tremor de Videoclip Emanero, gravado inteiramente com um iPhone 7 (mãos XXV)

Emanero, o músico argentino, autor do vídeo desta música, escreva-nos para nos informar que este …

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *