Sexta-feira , 18 Agosto 2017
Home / Notícias / E se a Apple adquiriu a maré? Estes são os planos para fazer música Apple destronar Spotify

E se a Apple adquiriu a maré? Estes são os planos para fazer música Apple destronar Spotify

Apple Music Tidal

A distribuição digital da música e de outros conteúdos de audiovisual é o novo cavalo de batalha da Apple no mundo do entretenimento. Hoje em dia, os usuários opt para streaming e armazenamento em rede do armazenamento físico tradicional que era suposto iTunes até agora e isso reflecte-se perfeitamente no serviço de Música da Apple.

Em sua busca para dominar o mercado e rosto é o atual líder do setor, Spotify, Apple está explorando todas as opções de negócios, entre as quais se barajaría a possibilidade de compra para a terceira em discórdia no mundo do que o de streaming musical: Tidal.

Um rumor que leva tempo dando voltas pela rede já a partir de princípios de verão e que garantiu que existiam negociações muito avançadas de Cupertino para adquirir Tidal e fazer é da etapa com o catálogo exclusivo da propriedade de artistas da plataforma de Jay-Z e Kanye Westsempre controverso.

Rapper é feito com as rédeas da maré em março de 2015, por uma viga de aproximadamente 56 milhões de dólares, mas nunca foi capaz de rentável isso corretamente, apesar do potencial de sucesso para que seu nome vá geralmente associado. Tanto é assim, que falam sobre perdas que duplicaram ano após ano, sendo aproximadamente 28 milhões de dívida, algo que apareceria a opção de entrada da Apple como uma situação ao invés de atrativo.

Adicionar-lhes Tidal ativo de Música da Apple teria chamado adicionar outros 4 milhões de assinantes de pagamento, além disso, para se vangloriar de artistas do mesmo escultura de Beyonce, Rihanna, Alicia Keys, Madonna ou mencionado Kanye West, enquanto não faz tempo aparecem pragas de fundição nele prejudiciais que estava a serviço da Apple para a indústria da música e palavrões e cego (embora findo desmentiram é) que seus discos nunca seria em Apple música.

No entanto, o próprio responsável de Música da Apple, Jimmy Iovine, teve que sair à tona e certifique-se de que não está tentando no absoluto de comprar qualquer plataforma de serviços em streaming, embora sem negar nem de maneira limitada, que se tivesse existido contactos antes o respeito.

É curioso que esta é primeira vez, a menos que eu me lembro, que na Apple é pronunciado de forma oficial sobre rumores relacionados com qualquer tipo de operação de compra de la empresa (já sabe, o costume “Apple ou confirma ou nega…”), o que dá a entender a importância que, na mesma empresa é está dando para estratégia vai levar para mover Spotify e seus 40 milhões de usuários do pagamento da liderança do sector.

Através de | BuzzFeed

Check Also

Tremor de Videoclip Emanero, gravado inteiramente com um iPhone 7 (mãos XXV)

Emanero, o músico argentino, autor do vídeo desta música, escreva-nos para nos informar que este …

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *