Sábado , 25 Novembro 2017
Home / Notícias / Apple abre seu primeiro centro de pesquisa e desenvolvimento na China

Apple abre seu primeiro centro de pesquisa e desenvolvimento na China

Zhongguancun

Como parte da grande aposta da empresa pela etapa de abertura do sempre difícil mercado chinês, Apple abriu seu primeiro centro de investigação e desenvolvimento no país, especificamente na área do Parque da ciência de Zhongguancun.

Tornou-se uma área que é na tecnologia anel do haitiano, um distrito da parte noroeste da capital Beijing e é conhecida comumente como O vale de Silicone chinês, desde em toda a área está concentrada em torno de 20.000 empresas tecnológicas de todo o tipo desde que começou a se popularizar é além de pelos anos cinquenta.

A empresa Apple investiu uma base de capital de cerca 15 milhões de dólares (13 milhões de Euros), que se estendem no futuro para 45 milhões de dólares (aproximadamente 40 milhões) e ele vai empregar mais de 500 trabalhadores.

Apresentado após a última visita oficial de CEO da Apple, Tim Cook, chinês, este centro de pesquisa e desenvolvimento é foco precisamente em que, no desenvolvimento de Software e de diferentes produtos de Hardware para a comunicação e dispositivos de imagem e som, além na criação de tecnologia avançada para produtos eletrônicos de consumo da indústria da informação.

Se tudo continua de acordo com os planos planejados, todo o complexo verá a luz antes de final do ano e é isso que vai ser o lugar destinado para unificá-los diferentes equipes de la empresa em chinês, com a ideia de melhorá-los interesses globais da Apple no país após os confrontos repetidos com eles autoridades locais e um estímulo mais para a área na qual é é.

Porque além do centro da maçã, a área de Zhongguancun abriga também a sede de outras multinacionais do setor, como o Google, Intel, AMD, Sony ou Microsoft.

Através de | DIGITIMES

Check Also

Tremor de Videoclip Emanero, gravado inteiramente com um iPhone 7 (mãos XXV)

Emanero, o músico argentino, autor do vídeo desta música, escreva-nos para nos informar que este …

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *